Capa Blog.png

Vamos conversar sobre o Medo?

A publicação atual, em nosso Canal no YouTube, aborda a questão do medo, como referência indissociável do nosso processo de evolução humana. (Se não viu o vídeo, ou quer revê-lo, clique aqui). Aliás, o tema já apareceu em outras publicações do Canal - para acessar a playlist correspondente, clique aqui.

As situações do sentimento de medo referem-se a comportamentos clássicos na história da nossa evolução. Todos nós passamos, cotidianamente, por tais situações.

É certo dizer que as sensações de medo devem nos preparar para comportamentos e atitudes que devemos tomar diante das ocorrências que surgirem. A maior questão, aqui, é quando o sentimento de medo nos paralisa e impede o prosseguimento das jornadas - é mais comum do que imaginamos: quantos de nós já paralisamos e bloqueamos nossos rumos a um surgimento de qualquer variável que nos representou o medo? Às vezes, esse paralisar-se torna-se tão intenso que nos fechamos às variadas possibilidades de alternativas a mudanças e enfrentamentos.

A palavra "enfrentamento" deve ser o nosso mantra. Não há problemas na paralisação em relação ao medo, mas ela tem que ser transitória para nos preparar para esses necessários enfrentamentos. A ideia é nos valer da representação da própria evolução por que passamos, ao longo da história: somos o que somos e chegamos onde estamos porque, em justa medida, aprendemos a enfrentar as situações de medo que nos chegavam.

Os nossos comportamento e atitude diante do medo - em relação ao ganho de energia para o enfrentamento do que vier - é que vão dar o significado mais positivo aos nossos rumos de desenvolvimento pessoal.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo